Noivinhas de Luxo

{Dicas úteis} Tudo o que você gostaria de saber sobre véu da noiva

ir para o blog

 

Que noiva não quer ficar maravilhosa no seu grande dia? A gente sabe que escolher o vestido de casamento, os sapatos, acessórios, a maquiagem e o penteado ideal pode ser bem desafiador, mas estamos aqui para facilitar essa jornada e te ajudar a tomar todas essas decisões da forma mais tranquila!

Um dos acessórios mais emblemáticos e que ainda gera muita dúvida é o véu da noiva. Será que noiva precisa usar véu na cerimônia? Existe um véu ideal para cada estilo de casamento? E Noiva que casa na praia, pode usar véu?

Hoje temos um convidado especial para falar sobre esse assunto! Fernando Peixoto é estilista do nosso Guia de Fornecedores e estará com a gente semana que vem, no Encontro Noiva do Dia, falando muito mais sobre o look da noiva. Enquanto isso, ficamos com suas dicas para escolher o véu ideal para o seu casamento.

Dicas úteis - o que você gostaria de saber sobre véu da noiva

Um pouco de história

As noivas que se casaram na Grécia antiga e em Roma costumavam usar o véu para se proteger da inveja das mulheres solteiras, de maus espíritos e olhares de admiradores.

Já as mulheres da idade média, incorporaram o véu no seu vestuário como sinônimo de nobreza e apenas as mulheres casadas podiam usar! Sua função era conferir proteção contra o sol. Ah! E tinha um detalhe: Quanto maior o véu, mais rica era a família daquela mulher. Por isso mesmo não era permitido que as camponesas usassem véu.

O véu também já foi utilizado como símbolo de pureza. Hoje nem tanto, porque já não é tão comum se casar virgem, mas ainda há um contexto religioso: No casamento judeu, a noiva deve usar o véu cobrindo seu rosto. De acordo com a cerimônia judaica, a noiva precisa permanecer coberta até ser declarada casada e só então o noivo pode levantar o véu.

No livro de Gênesis, quando Jacó foi casar com Raquel, seu sogro Labão o enganou para se casar com Léa, a irmã mais velha de Raquel. Por isso nos dias de hoje, a cerimônia do véu é utilizada como simbolismo, para que o noivo tenha a certeza de que está se casando com a noiva certa.

Nota da Ju: Eu acredito que o véu também representa amor e proteção. Quando o noivo descobre a noiva, ele está prometendo publicamente que irá amá-la e protegê-la por toda eternidade (para aqueles que, como eu, acreditam que casamento é para a vida inteira).

Modelos de véu

Véu curto

O véu curto é bem polêmico e ficou famoso nos anos 80. A maioria dos estilistas não gostam nem recomendam o véu curto. É preciso muito cuidado para harmonizar o vestido, penteado, buquê e véu pois o risco de compor um visual inadequado é enorme.

 

Véu longo

O véu longo é o que as noivas mais usam. Ele pode ser todo liso ou não, pode ter aplicações de flores, arabescos ou poás, pode ser arredondado atrás ou simplesmente quadrado e vai bem com todos os estilos de casamento.

Existem alguns tipos de véu longo. Ele pode ser duplo ou ter apenas uma camada, pode ser criado em formato cascata e pode ser velado.

 

a) véu duplo

O véu duplo combina super bem com casamentos no final da tarde e a noite. Para criar um véu duplo o estilista utiliza duas camadas de véu. O objetivo? Dar volume e deixar com aquele efeito “armado”.

 

b) véu com uma camada só

As noivas mais vintage adoram o véu que tem apenas uma camada. Ele é mais sequinho, dá um ar mais delicado, romântico e valoriza a headpiece.

 

c) véu bordado

O véu bordado é o mais comum no Brasil. Criado de acordo com a criatividade do estilista, podemos encontrar o bordado só nas pontas, por todo o véu ou apenas em parte dele. O bordado pode ser feito com a mesma renda do vestido ou não, mas o ideal é que tanto o bordado do vestido quanto o bordado do véu estejam em harmonia.

 

d) véu cascata

Esse tipo de véu é cortado arredondado na base e arredondado na parte de cima. Possui duas camadas, sendo uma mais curta e o corte dele faz com que caia como uma cascata atrás da noiva.

 

e) véu velado

Segundo o dicionário Aurélio, uma das definições de “velado” é “cobrir com véu”. Essa é exatamente a função desse tipo de véu! Muito utilizado nos casamentos judaicos e nos casamentos da realeza, o véu velado é usado para cobrir o rosto da noiva. Em alguns casos o véu é levantado pelo noivo quando ele recebe a noiva no altar ou então depois que os noivos são declarados casados.

Mantilha

Muita gente confunde mantilha com véu bordado na ponta. A mantilha não tem franzido em cima. Ela é arredondada tanto em cima quanto em baixo e é colocada de uma maneira que não franze, pois seu corte é diferente na parte superior.

As mantilhas são de origem espanhola e belga e, segundo a tradição hispânica, a mantilha confere à noiva pureza e juventude. Geralmente ela é toda bordada à mão e passada de geração para geração, de mãe para filha. Por ser um tecido mais pesado, a mantilha tem um caimento diferente, ela fica presa bem rente ao rosto da noiva, criando uma espécie de moldura.

Comprimento do véu

Para quem tem dúvidas sobre o comprimento do véu, essas dicas do Fernando Peixoto vão ajudar bastante!

O véu deve ser mais longo que a cauda do vestido. O ideal e mais bonito mesmo é quando ele passa 1 metro ou 2 metros da cauda.

As noivas que casam em igrejas que tem a nave bem grande podem véus maiores, de até 10 metros, mas é muito importante que a proporção com a cauda do vestido seja observada.

Normalmente, os véus longos medem de 3 a 5 metros, mas tanto as mantilhas quanto os véus podem ser curtos. Nesses casos, gosto que o véu chegue pelo menos um pouco abaixo do quadril ou em um comprimento que dê a ideia de alongar a noiva, para que ela fique mais elegante.

Noivas que casam na praia precisam ter mais cuidado por causa da ventania. Os véus sempre voam, por isso gosto de trabalhar com véus um pouco menores, de 2 metros e meio a 3 metros. E não precisa ficar com medo de entrar segurando o véu, o importante é que ele não se solte da cabeça da noiva!

Por estilo de casamento

Véu combina com todos os estilos de casamento. Eu sempre sempre observo o tipo de casamento e tipo de cerimônia porque véus longos combinam mais com casamentos à noite, cerimônias mais suntuosas, com um número de convidados maior e nave grande que comporte o seu comprimento. Quanto maior a nave para a entrada da noiva, entendemos que a igreja comporta um número maior de convidados.

Os casamentos durante o dia, seja pela manhã ou final da tarde, pedem véus menores. Principalmente quando a cerimônia é apenas uma bênção, ou celebrada por juiz de paz e também nos casamentos civis realizados em cartório.

Eu sempre observo o tipo do vestido. As vezes são vestidos mais lânguidos, mais leves, então se o vestido é mais leve o véu tem que ser menor. Pode até ser bordado, ou não. O véu precisa combinar com estilo do vestido. Quando fazemos o vestido, a gente analisa o estilo do casamento e o véu é um complemento do vestido, não só do casamento.

Dica do estilista

A dica que eu deixo é que a noiva sempre use véu, em qualquer tipo de cerimonia em qualquer lugar. Eu acho que o véu, mesmo quando ele é substituído por uma capa ou uma estola, confere uma grandiosidade para a noiva.

A minha dica é que a noiva siga sempre o estilo do vestido, porque o véu é um complemento do vestido. E que observe também sua altura, o estilo do cabelo, véus longos combinam com cabelo preso e os véus curtos vão bem com penteados mais despojados.

Fotos: Lacerda Estúdio, Ana Quast e & Ricky Arruda, Jared Windmuller, Krista Mason Photography e Pinterest.

 

Sobre Fernando Peixoto:
Com 25 anos de mercado, Fernando Peixoto possui duas renomadas lojas que levam o nome do artista. Em Goiânia, o Atelier Fernando Peixoto é especializado na locação e comercialização de vestidos de noivas, damas, festas e debutantes, onde atua em sociedade com a irmã Elisângela Eterna. O estilista também comanda uma Maison, em Brasília, gerenciada pelo stylist Patrick Noronha.

 

Confira também:

10 vestidos de noiva para casar na praia

3 dicas para quem procura o vestido de noiva

 

 

ir para o blog
love 11 pessoas amaram

Amou?! Deixe um recadinho!

     

Envie este post por email

X