Noivinhas de Luxo

Dicas para economizar na compra das alianças

ir para o blog

O ponto de partida de um casamento é o pedido de casamento  com um jantar bem romântico, uma festinha íntima de noivado, ou um churrasquinho descontraído entre os amigos e familiares. Não importa.  Em qualquer um deles existe uma coisa em comum: A Aliança. (Veja: Dicas para planejar um noivado)

É difícil escrever sobre ela, pois cada pessoa pensa de uma forma diferente. Uns querem algo bem especial sem se importar com o preço, outros já pensam na economia e procuram algo mais tradicional. Então resolvi dar algumas dicas que passadas a partir de várias joalherias por onde passei =)

Dicas para economizar na compra das alianças

  • O que você precisa saber sobre uma aliança é que ela precisa ser de Ouro 18k. Ouro 14k e outro 24k não servem. O ouro 14k é ruim, meio avermelhado. Já o 24k é mole e não pode ser utilizado em joias.

 

  • Normalmente um par de alianças tem em média de 7 a 8 gramas de ouro, misturados à outros metais que ajudam na consistência. Logo se a sua aliança for espessa a concentração de ouro será menor, mas nem por isso ela deixará de ser de boa qualidade. Sabe aquela máxima do “tamanho não é documento”? Pois ela se aplicaria muito bem aqui neste item. Quanto menor a aliança, mais ouro concentrado, ela terá…

 

  • Nada impede você de comprar uma aliança com menos ouro, 3 gramas de ouro (o par), por exemplo. Sua aliança será bem mais em conta, porém menos resistente. Ainda assim, conheço pessoas que  fizeram assim e estão com as alianças intactas por mais de 10 anos. Essa questão depende muito do tipo de atividade que você faz. Por exemplo: se você trabalha em um escritório ou uma loja é provável que a durabilidade seja muito maior.

 

  • Fiquem atentos aos preços das Joalherias famosas. Como publicitária alerto: você estará comprando a “marca” e não a joia. Comprar sua aliança em uma joalheria menor ou mandar fazer com um Ourives pode valer muito a pena, seja ela cheia de brilhantes ou bem tradicional. É tudo uma questão de preferência.

 

  • Aqui vai uma dica super econômica: você pode gastar somente com a mão de obra se tiver em casa joias de ouro que não usa mais. Eu mesma encontrei diversas pulseiras e anéis de quando era criança que por sorte estavam guardadas em meu porta-joias. Para saber se suas joias são de ouro, procure no fecho das correntinhas ou pulseiras uma indicação “18k” ou “750” – que indica que a peça foi feita com 75% de ouro, é regra – se for de ouro essas informações estarão ali.  Esse ouro é derretido a 1000 graus e remodelado no modelo de aliança que você quiser!

 

 

ir para o blog
love 7 pessoas amaram

Amou?! Deixe um recadinho!

Envie este post por email

X