Noivinhas de Luxo

Casar na praia ou no campo pode sair mais em conta

ir para o blog

 

Agora virou moda: muitos casais têm optado por fazer seus casamentos ao final da tarde para ter o pôr do sol como parte do cenário. Mas além deste elemento, os locais diferenciados também têm sido muito procurados por noivos e noivas para tornar o matrimônio ainda mais especial.

Os chamados destination wedding são mais realizados no litoral sul da Bahia e em pequenas cidades de interior. Mas além de fazer toda a celebração e festa fora dos grandes centros urbanos, estes casais têm casado fora para economizar.

Casamento_CAio.Thihaya11
Casais trocaram igrejas e buffets para fazer suas cerimônias e festas no litoral e em cidades do interior para economizar e realizarem seus sonhos.
 

Trancoso é uma das cidades litorâneas mais procuradas na Bahia, principalmente pelas belas praias, tranquilidade e resorts de alto nível. Foi justamente lá que os jovens Laís Meneghello Delvivo e Felipe Tiradentes decidiram se casar. O casal já conhece bem aquele litoral e até se noivaram por lá. Mas além de realizar o sonho de casar em Trancoso, Laís e Felipe também pensaram na economia em fazer uma cerimônia fora de BH: “Queríamos fazer um casamento mais íntimo, na praia e que não fosse muito além dos nossos orçamentos. Mesmo com este perfil, estamos economizando, pois o número de convidados não é tão alto. Mas a gente compensa os gastos com as despesas para deslocar equipes de filmagem, fotografia, maquiagem, banda, DJ e cerimonial. O custo desses serviços lá na Bahia sai muito mais caro do que aqui em BH”, declara a estudante Laís.

Para quem casa no interior de Minas Gerais, o valor pode ser ainda mais em conta. O publicitário Felipe Schepers e a arquiteta Larissa Souza queriam se casar em um local aberto e de dia, mas na capital mineira foi muito difícil realizar o sonho e optaram pela região metropolitana: “Eu a Larissa fizemos orçamentos em vários lugares, desde a região Oeste, Sul de Belo Horizonte e até na Pampulha, mas todos já estavam com reservas e cobravam muito caro pra fazer a cerimônia e buffet. Além disso, muitos deles têm restrições quanto ao volume do som e funcionamento de boate na festa. Daí nosso cerimonial encontrou um espaço em Matozinhos e nos apaixonamos pelo local! Nos atendem em tudo o que queremos e além disso saiu ainda mais barato do que casar em BH”.

casamento.rustico8Casamento em cidades do Interior podem fazer bem ao bolso dos noivos.
Imagem  Love and lavender 
 

Os noivos não só pensam na recepção intimista, em locais diferenciados e que saiam em conta. Também há preocupação com a comodidade dos convidados. Laís e seu noivo pensaram em todos os detalhes: “É importante que os convidados vejam que os custos financeiros para ir ao casamento se compensam com os benefícios da viagem. Além da festa, eles poderão curtir melhor o casamento na praia e não precisarão enfrentar trânsito como em grandes cidades. Também nos preocupamos com o conforto e viabilidade de todos e fechamos parceria com uma agência de viagens que dá todo o suporte a eles. Já até fizemos o bloqueio de vários quartos em diferentes pousadas para não corrermos o risco dos convidados ficarem sem acomodação”.

Felipe e sua noiva Larissa também se preocupam em oferecer uma boa recepção aos convidados e não deixá-los perdidos até o local da cerimônia e festa: “Com a economia que fizemos com a troca do local, investimos em melhor acomodação dos convidados na festa, com mobiliário de qualidade, além de gastarmos com melhor buffet. Junto com o convite, também vamos entregar um mapa de como chegar ao local do casamento, mas já estamos ajudando amigos e parentes que estão querendo se hospedar por lá. É perto de BH, uma hora de carro pela Linha Verde MG 010, mas tem gente que quer curtir a festa mais à vontade e se hospedar na cidade”.

É importante que noivos e noivas que optaram por um destination weeding fiquem atentos a outros detalhes. Segundo Pedro Fernandes, dono da empresa Casa2, o casal deve ajudar seus convidados indicando hospedagem e informações sobre a cidade: “A tendência dos casamentos fora da cidade onde os noivos moram é cada vez mais forte e muito interessante por proporcionar aos convidados conhecer um novo local. Para facilitar a viagem de todos, é importante que seja enviado um save the date com antecedência para que os convidados se programem para a viagem. Além disso, é recomendado aos noivos fazer um site com sugestões de acomodação e informações do evento. Outro tipo de produto que os clientes fazem conosco é um guia impresso com dicas da cidade para ser deixado no hotel dos convidados”. Para conhecer esses e outros produtos e serviços da Casa2, acesse www.sitedacasa.com

Felipe e Larissa vão se casar em setembro na cidade de Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte e Laís e seu noivo também Felipe vão se casar em outubro em Trancoso (BA).

 

ir para o blog
love 8 pessoas amaram

Amou?! Deixe um recadinho!

Envie este post por email

X