Noivinhas de Luxo

As principais ilusões de uma noiva

ir para o blog

 

Na teoria, o casamento é uma festa maravilhosa, onde os noivos e os convidados interagem de forma mágica, para festejar a união. Na prática, é isto mesmo rsrsrs. Mas… O que você precisa saber é que idealizar o dia perfeito, pode gerar frustrações, se você se esforçar além dos limites … Abaixo listo algumas questões que podem acabar com o título de “dia perfeito”.

 

1) Acreditar que tudo será perfeito no dia do casamento.

Pense que o casamento é um mega evento, onde muitos profissionais serão contratados, e terão que atender as expectativas dos noivos. Infelizmente nem todos os fornecedores são os melhores e nem tudo pode sair conforme o previsto. Porém , deixar de se divertir na festa por conta de pequenas falhas, será um desperdício de felicidade e tempo (acredite, o “grande dia” passa muito rápido), por isso, relaxe. A notícia boa é que na grande maioria das vezes, o que dá errado nem é percebido pelos convidados.

Isso listando apenas pequenas desilusões com os fornecedores, mas também não podemos esquecer que alguns fatores totalmente aleatórios também podem acontecer, como greves, chuva, ou falta de energia temporária. Esse post talvez deixe você paranoica e morrendo de raiva desse blog, mas amigo é aquele que transborda sinceridade ;) , por isso esteja preparada para o que for, se algo assim acontecer, abstraia, deixe o Dalai Lama dentro de você assumir o controle e apenas desfrute do seu grande dia.

 

2) Achar que pode organizar uma grande festa sozinha.

Todo casamento precisa de uma equipe. Orçamentos, reuniões com fornecedores, são coisas que os noivos podem assumir durante o planejamento, mas quando o evento fica próximo, a quantidade de tarefas aumenta muito, e o ideal é que alguém faça isso para você. Mas atenção: Não envolva familiares e amigos nesta função. Eles estarão no casamento para celebrar e se divertir, não é justo que eles se privem de uma festa para sanar as responsabilidades de um cerimonial.

Na semana do casamento, a principal atividade da noiva (do casal) é descansar, ficar sem olheiras, controlar a ansiedade. O resto deixe que a cerimonial e os fornecedores façam para você. Já vi muitas noivas que assumiram responsabilidades que eram de profissionais ficarem quase malucas antes do casamento, brigando com família, noivo, cachorro, fornecedor, Jesus, e o resto do mundo. Antes que você se identifique, lá vai um alerta: Não, isso não é normal. Noivos estressados são casos isolados de escolhas que não foram bem feitas. (e que pagaram o pato por isso)

 

 3) Achar que o dinheiro é suficiente sem fazer as contas

O item 3, é um dos pivôs de muitas discussões entre os noivos. Isso porque realizar o sonho do casamento, para muitos casais não inclui assumir as verdadeiras condições financeiras deles.

Definam uma verba de quanto vocês poderiam pagar em uma festa, dividam essa verba em pequenas fatias e distribuam essa quantia para os itens mais importantes: Exemplo: foto, buffet, lua de mel. O que sobrar vai para os itens de menor importância (lembrancinhas, adereços, etc). Sigam à risca esse plano. Os benefícios desse plano vocês verão depois: Pagamentos quitados, casamento bonito, dinheiro sobrando e casal sem dívidas depois da festa.

 

 4) Convidar um número maior de pessoas contando que algumas não irão na festa.

Faça sua primeira lista de convidados depois de marcar a data do casamento, contando com todas as pessoas que vocês gostariam de convidar. Depois disso, quando já estiverem vendo os convites, comecem a fazer uma revisão para ver quem entra e quem sai dela. Veja: Como reduzir a lista de convidados.

Solicite a confirmação de presença dos convidados, mais ou menos 10 dias antes da festa, e informe ao buffet ou restaurante. É importante que se calcule 10% de lugares adicionais para os convidados “indecisos” que acabam aparecendo.

Jamais faça essa conta sem confirmar as presenças, pois o buffet e o espaço de eventos, trabalharão com a quantidade de pessoas informadas por você. Logo se esta conta estiver “furada” você corre o risco de ter uma festa com comida e lugares insuficientes para os convidados. #gafe.

 

 5) Achar que festas durante o dia  são menos animadas que as noturnas.

Quem faz a festa ficar animada são os convidados, logo, não importa em que horário ela será. O que pode interferir na escolha, é o horário aliado ao perfil dos convidados.

Por exemplo: casamentos que começam muito tarde, podem deixar os convidados cansados – principalmente os mais velhos, bem como casamentos muito cedo fazem com que as mulheres tenham que madrugar para se pentear e maquiar. Aí é você que tem que pensar no que será melhor para todos.

 

6) Convidar damas e pajens muito novos e esperar que eles entrem direitinho

Crianças muito novinhas são uma caixinha de surpresa. Ninguém sabe o que esperar quando elas se deparam com um corredor enfeitado e montão de gente sentada nos bancos. Umas podem achar um máximo, outras podem morrer de vergonha e correr para a mãe.

Se você optar por pajens e damas novinhos, procure ter um plano B. Eles podem entrar de mãos dadas com um irmão mais velho, por exemplo, ou então tenha uma criança mais velha como “reserva”. Acima de 2 anos, o risco é bem menor.

 

7) Achar que o cabelo e a make vão ficar impecáveis até o final da festa.

A estrela da festa será você. Todos os convidados irão te abraçar e beijar, além de que, se a festa estiver animada, você dançará MUITO! Lá pelas tantas, seu cabelo não irá suportar tanto movimento, e sua maquiagem também poderá ficar comprometida com o suor. Por isso faça o máximo de fotos já no começo da festa. Leia: 10 erros fatais na maquiagem das noivas.

 

8) Comprar o vestido menor e tentar emagrecer um mês antes do casamento.

Naturalmente, as noivas sempre dão uma emagrecida, devido ao stress e correria dos preparativos, mas isso não significa que você deva comprar uns 2 números abaixo do seu.

Escolha um vestido com base no seu peso atual. Um modelo que valorize os seus pontos fortes e faça os ajustes necessários na semana do casamento, naturalmente. Nada de loucuras estéticas que possam prejudicar a saúde e a aparência.

 

9) Se arriscar em projetinhos DIY que você não tem a menor afinidade

Projetinhos DIY são a graça da coisa toda, que noiva não ama? Mas a ideia é legal para a mente e para o bolso se você sabe o que está fazendo. Tem talento culinário? Então os docinhos e quem sabe até o bolo podem ser feitos por você mesmo. Assim você economiza e os convidados ficam ansiosos para provar as delícias que você preparou para a festa. Tem dedo verde? Então preparar plantinhas para decorar a festa, ou oferecer de lembrancinha possa ter a sua cara.

Evite se arriscar no universo desconhecido. Conheço muita gente por exemplo, que acha que convite de casamento é moleza de fazer e na hora de executar o plano, gastou dinheiro com o material e perdeu tudo pela falta de experiência. A make da noiva é um outro exemplo que pode ser o pior pesadelo de uma noiva. Se você não tem tanta certeza assim que consegue se produzir sozinha do dia do casamento, melhor deixar para economizar em outra coisa.

 

ir para o blog
love 139 pessoas amaram

Amou?! Deixe um recadinho!

     

Envie este post por email

X